Negócio e Covid-19: como o Marketing de Conteúdo Pode Ajudar Durante e Pós Pandemia.

O que fazer para que um negócio sobreviva em meio a essa pandemia? Mais do que sobreviver, como estreitar os laços com os seguidores e clientes de uma marca? Será que o Marketing de Conteúdo pode ajudar a alavancar um negócio nesse momento de crise causada pela Covid-19? Essa é a melhor estratégia digital nesse momento? É preciso aumentar a equipe para cuidar do marketing de conteúdo da empresa?

Se você é dono(a) de um negócio e tem feito algumas dessas perguntas nesse período de isolamento social, continue lendo este artigo.

Marketing de Conteúdo é o processo de criar, publicar e promover conteúdos personalizados para o cliente. Esse é um método de marketing que se baseia na construção de um público fiel por meio da criação e do compartilhamento de conteúdo que ajuda prospects na tomada de decisão. Em outros palavras, é a “ponte” cujo objetivo é aproximar marca e consumidor. É isso que fazemos aqui na B+ Comunicação.

Você deve concordar comigo que 2020 foi um ano de muitas incertezas e dificuldades, certo? Um ano que muitos de nós quer esquecer que existiu. Porém, toda essa adversidade imposta pela pandemia do Coronavírus pode ser a chave para reinventar empreendimentos e aproveitar para criar novas oportunidades.

Pois bem…

Como vencer a crise da pandemia com ajuda do Marketing de Conteúdo?

Antes de te responder, deixa eu te fazer algumas perguntas:

  • Você sabe o que o seu público alvo busca nesse momento?
  • Como a sua marca pode ajudá-lo agora?
  • De que maneira a sua empresa pode contribuir com a sociedade nessa pandemia?

Antes de pensar em vender o seu produto ou serviço é preciso que a sua marca tenha e demonstre empatia pelo seu público, isto é, se coloque no lugar do seu consumidor e perceba o que ele busca nesse momento e como o seu negócio pode ajudar a alcançar seus objetivos e ajudar a sociedade.

Sei que falando assim pode parecer grandioso e oneroso para empresas que já estão com seus orçamentos comprometidos. Entretanto é aí que entra a criatividade.

Veja o caso da Luiza Helena Trajano, Ceo da Magazine Luiza, que está conseguindo mobilizar milhares de pessoas em prol do movimento Unidos pela Vacina. Assim como empresas de diversos segmentos que estão usando seus insumos para fabricar produtos que ajudem no combate ao Coronavírus.

Você pode também criar ou aderir sua marca a movimentos sociais na localidade de atuação da sua empresa e convidar seus clientes e seguidores para participarem no combate à pandemia, por exemplo.

Como a sua empresa quer ser vista pelo mercado, pela sociedade e principalmente pelos seus clientes?

Não é de hoje que os consumidores estão formando opiniões sobre quais empresas se preocupam com eles genuinamente e quais são apenas máquinas de fazer dinheiro (a pandemia só acelerou esse processo). Portanto, é fundamental que as empresas estejam cientes de que marcas precisam ter um significado social, além do econômico. É preciso ir além de um feed bonito no Instagram. É preciso mostrar o real valor, diferencial que a marca tem e qual é a razão dela existir.

A crise da covid-19 fez antecipar muitas previsões de mercados e, principalmente, de comportamento do consumidor. Ela está abrindo espaço para um consumo mais racional, tornando os consumidores mais conscientes de suas escolhas. Eles estão – agora mais do que nunca – com os olhos e ouvidos mais atentos para saber qual empresa coloca em prática aquilo que fala nas redes sociais.

Muito além de curtidas…

A Pandemia está mostrando que para um negócio conseguir se sustentar em meio a essa grave crise, é preciso se estruturar bem, ter bases sólidas. Conforme eu disse no início desse artigo, o Marketing de Conteúdo ajuda a tornar evidente os pontos fortes de um negócio. Mas para isso é preciso identificar muito bem quais os pontos fortes e as oportunidades da empresa, assim como os pontos  fracos e as ameaças de acordo com o mercado de atuação.

Em meio a eventos presenciais sendo cancelados e uma recessão de publicidade, o departamento de marketing de muitas empresas têm investido em experiências de conteúdo on-line com o intuito de manter o reconhecimento de marca e a geração de leads.

E o que seria essa experiência?

Hoje em dia quando se fala em Marketing de Conteúdo, não está apenas se referindo a blogs e estratégias editoriais – embora esses ainda sejam importantes. A experiência de conteúdo on-line vai além disso, sendo aplica em e-mail marketing, redes sociais, SEO, vídeos e anúncios para atrair e manter o envolvimento do consumidor com uma determinada marca.

Parafraseando Dave Gerhardt, o conteúdo feito de maneira correta é o recurso de Marketing mais importante em uma crise e economia fragilizada.

Concentre-se em produzir conteúdo original, que demonstre a personalidade e a essência da sua marca. Conteúdo é aquilo que faz as pessoas conhecerem, gostarem e confiarem nela.

Humanize a sua Comunicação

Invista em ações com foco na humanização.

Segundo pesquisa, o que os consumidores querem das marcas durante uma crise é que ela os ajudem.

  • 77% dos entrevistados querem saber como a marca é útil nesse novo cotidiano
  • 75% dos entrevistados desejam ser informados sobre as reações da marca à nova situação
  • 70% dos entrevistados almejam que a marca traga um tom tranquilizador em sua Comunicação

Ao mesmo tempo, 75% concordaram que as marcas não deveriam “se aproveitar” da covid-19 para se promoverem.

“Neste momento em que estamos tão desconectados e com medo, a resposta pode não ser dar um brinde em uma compra. Isso pode nos afastar ainda mais. A resposta pode ser estar presente para fazer um trabalho difícil de conexão, de cuidado e de nos estendermos até onde não é esperado”. Seth Godin

 

Se você tem dúvida de como aplicar o Marketing de Conteúdo em seu negócio, conheça a respeito da nossa consultoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *